Hoje, empresas que não se preocupam em desenvolver uma boa carteira de benefícios para os seus colaboradores podem encontrar desafios sérios pela frente. Ater-se àquilo que está previsto por lei, por exemplo, não é mais o suficiente para fidelizar talentos e promover a satisfação da maioria.

De acordo com uma pesquisa da Aon, uma empresa de gestão de riscos, a assistência médica e o seguro de vida são os principais benefícios concedidos pelas companhias, respectivamente com 99,5% e 94% de adesão.

Mas, afinal, será que isso basta? Como oferecer benefícios de qualidade para todo o quadro de colaboradores de uma empresa?

Se você quer reter seus talentos, aumentar a produtividade e a competitividade, continue lendo este artigo e aprenda como fazer!

1. Entenda os seus colaboradores

O primeiro passo para os setores de RH que querem otimizar os benefícios da organização é entender qual o perfil daqueles colaboradores. É claro que eles têm necessidades básicas, como alimentação e transporte, mas e o restante?

Além disso, de nada adianta contar com uma série de benefícios que ninguém utiliza simplesmente por não fazer parte de sua realidade. Portanto, o primeiro passo para montar a carteira é fazer uma breve pesquisa com os beneficiários, buscando compreender quais são os seus desejos e necessidades.

Busque entender, também, o que os motiva e o que é atraente para eles.

2. Qualidade é melhor do que quantidade

É essencial estabelecer prioridades na hora de definir a carteira, mas também não se pode esquecer que contar com benefícios ruins também não será nada positivo para a organização.

Pode ser que não seja possível atender todas as demandas que você descobriu serem interessantes no passo anterior, e não há nenhum problema nisso. Mas defina o que é mais importante para o colaboradores e invista em um benefício que seja realmente benéfico para eles, e não em algo que está ali apenas para causar uma boa impressão.

Se você deseja que as equipes de sua empresa tenham um plano de saúde, por exemplo, você precisa contratar algo que contemple a todos de maneira igualitária. Se há pessoas que moram em outros municípios, é essencial que a cobertura do plano chegue até lá.

O mesmo vale para o Vale-Refeição. Se você não conta com um espaço para as pessoas se alimentarem dentro da organização, é primordial contar com um auxílio que seja compatível com o valor dos restaurantes na região da empresa.

Caso contrário, você pode até mesmo passar uma imagem negativa do negócio.

3. Revise o plano de benefícios periodicamente

Você compreendeu os desejos dos colaboradores, priorizou suas necessidades e passou a oferecer uma carteira de benefícios atrativa para eles. Porém, é preciso ter em mente que o trabalho não acaba aqui.

Para realmente fidelizar seus talentos e aumentar a produtividade das equipes, fazer com que essa carteira se mantenha interessante com o passar do tempo é essencial, e essa é a tarefa mais difícil.

Garanta que a empresa — considerando a rotatividade de colaboradores e as mudanças que acontecem todos os dias no mercado e no dia a dia das pessoas — continua contando com benefícios interessantes.

Como montar uma carteira de benefícios de forma mais simples?

Quem quer oferecer apenas o que há de melhor para os seus colaboradores sabe como as três tarefas que desenhamos acima são complexas e demoradas, e nem sempre é possível parar para planejar esse tipo de coisa.

Foi pensando exatamente nessa questão, tão recorrente no setor de RH das empresas, que surgiram as plataformas de benefícios flexíveis. É uma solução assertiva porque dá liberdade para os colaboradores escolherem com o que vão gastar o dinheiro que a empresa lhes oferece.

Então a organização define, considerando o montante total dos benefícios que quer oferecer (VT, VR e auxílios para consultas, cultura, creche, gasolina, academia, educação, etc) e coloca à disposição, todos os meses, para utilização na plataforma.

Isso evita que seja preciso pensar em benefícios específicos para cada perfil e momento de vida dos colaboradores, e ainda os deixa felizes e satisfeitos por poderem escolher e priorizar o que desejam fazer.

Aqui no blog da Alymente você pode aprender muito mais sobre uma boa carteira de benefícios e também sobre as plataformas de benefícios flexíveis. Confira as novidades!

Related Post

No Comments

Deixe uma resposta