O pagamento pelo celular está chegando ao Brasil com tudo. Hoje, as carteiras digitais já são amplamente utilizadas na China e nos Estados Unidos, e nosso país tem um enorme potencial para se tornar tão grande quando eles nessa esfera.

De acordo com um levantamento realizado pelo Banco Central em 2016, 28% das transações realizadas já eram feitas via mobile. No ano seguinte, o Global Payments Report divulgou um estudo apontando que até 2021 o Brasil alcançará a marca de 31% da população utilizando carteiras digitais.

O crescimento se dá pelo fato de que a população, cada vez mais, busca por facilidade. Quando o cartão surgiu, o dinheiro em papel passou a ser menos utilizado. O pagamento pelo celular nada mais é do que o próximo passo em matéria de avanço tecnológico.

De acordo com dados divulgados pelo IBGE, mais de 77% dos brasileiros com mais de dez anos de idade têm o seu próprio celular, a forma mais fácil de conseguir acessar a internet.

Como funciona o pagamento pelo celular?

Existem duas maneiras diferentes de se utilizar o pagamento pelo celular: QR Code e NFC.

Os pagamentos realizados por meio do sistema de QR Code (a sigla para quick response code) são bastante populares. o QR Code é um código de barras bidimensional, ou seja, tem informações tanto na horizontal quanto na vertical.

Para ser lido, basta usar a câmera de um dispositivo móvel que esteja conectado à internet. Ele permite — além da realização de pagamentos de forma rápida e prática — abrir sites, formulários de contato, acessar promoções e muito mais.

Para que seja possível utilizar esse método de pagamento é preciso apenas que o estabelecimento conte com a tecnologia que permite realizar transações por meio dessa codificação.

A outra maneira de pagar pelo celular é utilizando o sistema de NFC (Near Field Communication, em português, Comunicação por Campo Próximo), o famoso pagamento por aproximação — também conhecido como Contactless. É mesma tecnologia que permite que o Bilhete Único seja reconhecido pela máquina na catraca de um ônibus.

Utilizar esse método também é simples e fácil. Depois de ir ao caixa e saber qual o valor a ser pago, você abre o app necessário em seu smartphone, seleciona o cartão que deseja utilizar e se será em débito ou crédito. Depois, basta aproximar o celular da máquina e digitar a senha.

Vantagens do método de pagamento

O pagamento pelo celular é uma verdadeira aposta no varejo nos dias de hoje. De acordo com um estudo desenvolvido pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), 82% dos varejistas pretendem adotar QR Codes como método de pagamento até junho de 2020.

É uma verdadeira mudança de paradigmas. A segurança é um dos pontos fortes do pagamento pelo celular, porque além de serem transações rastreáveis, contam com várias camadas de verificação, o que contribui para evitar práticas como lavagem de dinheiro, corrupção, roubo ou vazamento de dados.

O pagamento por QR Code também serve como complemento para uma outra tendência do mercado tecnológico: os wearables (dispositivos tecnológicos “vestíveis”, como smartwatches). Os aplicativos que geram os QR Codes também podem funcionar nos relógios, por exemplo, o que facilita ainda mais o pagamento pelo consumidor.

A praticidade é outro ponto alto do método de pagamento. Dessa forma, o comprador não precisa mais ter vários cartões em sua carteira ou mesmo andar com vales ou notas de papel.

Ao invés de contar com um cartão para vale-refeição, um para vale-alimentação, outro para vale-cultura, um para compras no débito e outro no crédito, é preciso contar apenas com um aplicativo simples instalado no celular.

Por último, há a rapidez no pagamento. Não é preciso digitar senhas, esperar o sistema do cartão encontrar sinal ou aguardar o caixa dar o troco em dinheiro. Basta escanear e, em menos de dez segundos, o pagamento será realizado com sucesso.

Enquanto o QR Code cresce a plenos vapores, o NFC, ainda está engatinhando no país. Apesar das vantagens serem praticamente as mesmas para ambas as modalidade, não são todos os smartphones que contam com a tecnologia, e as máquinas de cartão também precisam contar com ela.

Por que ele é revolucionário para as empresas?

Agora que você já entende tudo sobre o pagamento pelo celular usando QR Code, como funciona e quais são as vantagens de quem opta por esse método, chegou a hora de entender de que forma isso pode revolucionar as empresas.

Você aprendeu que um dos pontos de destaque do QR Code é a sua praticidade, e é exatamente aí que o método encontra os setores de RH das organizações.

Um dos grandes desafios das áreas de Recursos Humanos é conseguir compor uma cesta de benefícios que seja realmente atrativa para todos os perfis de colaboradores e ainda sim seja viável para a própria organização, certo? Além disso, ainda é preciso lidar com colaboradores que, contra as leis, vendem seus vales para complementar a renda.

Para contornar ambos os problemas, uma plataforma de benefícios flexíveis foi desenvolvida. Dessa forma, a empresa pode definir qual o valor dos benefícios que deseja ofertar e simplesmente depositar a quantia no app para que seja usada de acordo com as preferências do colaborador.

Assim, todos eles poderão gastar com o que desejarem, e na proporção mais adequada. A prática pode elevar a satisfação dos colaboradores com o ambiente de trabalho, melhorar o clima organizacional, diminuir as taxas de turnover e absenteísmo, além de fidelizar talentos e evitar atritos por conta da venda dos vales.

Para conhecer mais sobre esse método de pagamento, as vantagens que pode trazer para a empresa e todas as novidades da área, continue acompanhando o blog da Alymente!

Related Post

No Comments

Deixe uma resposta