Motivação, fidelização de talentos, match com a cultura da empresa… todo departamento de recursos humanos está em busca de conseguir alcançar esses objetivos. Para chegar lá, é preciso desenvolver uma ótima estratégia de retenção, e escolher os melhores benefícios concedidos ao trabalhador é primordial para isso.

Se há alguns anos o vale-refeição e o vale-transporte eram os únicos oferecidos pelas empresas, hoje já é possível criar uma cesta cheia de benefícios que são, verdadeiramente, a cara do colaborador da sua empresa. É exatamente para isso que desenvolvemos este artigo! Confira abaixo.

Por que prestar atenção nos benefícios concedidos ao trabalhador?

A primeira coisa que o RH precisa ter em mente na hora de criar um plano de benefícios é que pode levar tempo para chegar a um modelo perfeito. É um trabalho de tentativa e erro para encontrar aquilo que realmente dá o match.

É importante optar por benefícios que oferecem uma vantagem real na vida do colaborador. Caso contrário, a empresa perderá parte de seu investimento, pois a oferta não dará sentido para o dia a dia daquela pessoa.

Se, no final do processo, você conseguir criar uma cesta de benefícios concedidos ao trabalhador realmente assertiva, irá colher os melhores frutos na organização, com uma equipe mais motivada, saudável, com menos turnover, menor taxa de absenteísmo e muito bem-estar.

Deve-se ter em mente que não é apenas o time que ganha com isso, mas a empresa também.

Como fazer a melhor escolha?

Agora que você já sabe sobre a importância de se fazer uma decisão sábia na hora de oferecer benefícios aos colaboradores, chegou a hora de saber como conseguir alcançar esse objetivo. Veja o passo a passo:

  1. faça uma pesquisa — pergunte aos colaboradores quais benefícios eles gostariam de receber e por quê;
  2. faça uma análise jurídica do que foi levantado — para ter certeza de que está dentro da legalidade;
  3. defina o orçamento existente para que os novos benefícios possam ser implementados;
  4. reúna-se com a cúpula da empresa para que possam, juntos, tomar a decisão mais assertiva com base em tudo o que foi levantado;

Gostou de aprender mais sobre a escolha de benefícios e como ela pode ser importante para a organização? Para mais dicas como essa, basta continuar acompanhando o blog da Alymente!

Related Post

No Comments

Deixe uma resposta