Hoje, oferecer benefícios no trabalho que realmente sejam interessantes ao colaborador é essencial para qualquer empresa que quer alcançar o sucesso, reduzir o turnover e fidelizar os seus melhores talentos. Porém, com uma diversidade de perfis e preferências, pode ser desafiador fazer esse tipo de decisão.

Na hora de aceitar ou não uma oferta de emprego, você não analisa apenas o salário, não é mesmo? Aquele “algo a mais” que as organizações oferecem podem ser o diferencial que faz alguém ingressar — ou não — em uma nova jornada.

Escolher quais os benefícios que deseja receber é a melhor maneira de contornar essa questão, mas será que isso é possível? Descubra essa e outras informações sobre o tema no artigo abaixo!

Um panorama dos benefícios do ponto de vista do colaborador

De acordo com a pesquisa Profissionais Brasileiros, desenvolvida pela plataforma de busca de oportunidades de emprego Catho, os benefícios vistos com maior valor pelos colaboradores são:

  1. assistência médica – 74,6%;
  2. participação nos lucros – 57,2%;
  3. vale-alimentação – 52,4%;
  4. vale-refeição – 50,7%;
  5. bonificação por desempenho – 45,6%;
  6. vale-transporte – 42%;
  7. assistência odontológica – 40,4%;
  8. auxílio educação – 32,3%;
  9. seguro de vida – 32,1%;
  10. previdência privada – 27,8%;
  11. cesta básica – 22,8%;
  12. convênios/descontos comerciais – 21,8%;
  13. estacionamento – 12,9%;
  14. veículo da empresa – 12,5%;
  15. auxílio creche – 9,7%;
  16. auxílio moradia – 8,6%;
  17. celular fornecido pela empresa – 7,9%;
  18. outros – 3,5%;
  19. empréstimos consignados – 3,3%.

Ainda de acordo com a pesquisa, há uma diferença entre o que as empresas oferecem nos dias de hoje e o que os colaboradores consideram importante para aceitar uma proposta de contratação. 

É claro que também é preciso considerar que, além do perfil dos trabalhadores, a empresa também escolhe os benefícios com base em sua cultura organizacional, sua visão e seus valores. Já se sabe que esse modelo tradicional tem agradado a maioria, mas como contornar isso? Por meio da implementação de um sistema de benefícios flexíveis!

O que são benefícios flexíveis?

Se você chegou até aqui em busca de saber se é possível escolher quais benefícios receber no trabalho, saiba que veio ao lugar certo. Aqui, nós temos a resposta para sua pergunta, e é sim!

Existem maneiras legais que, sob o respaldo da nova CLT, permitem que as organizações ofereçam aos seus colaboradores o que chamamos de benefícios flexíveis.

Neste modelo, os benefícios podem ser negociados com a empresa de acordo com as suas necessidades. Dessa forma, com base nos valores oferecidos pela organização, você pode escolher exatamente com o que vai gastar. Incrível, não é mesmo?

Essa prática, além de ser mais vantajosa para você, ainda ajuda na resolução de uma questão que vem tomando cada vez mais importância dentro das empresas: a do choque de gerações.

Hoje, o que é de grande importância para um jovem da geração Y pode não ter tanto peso para os baby boomers, por exemplo. Com os benefícios no trabalho flexíveis, as diferenças são atendidas e todos podem ficar satisfeitos.

Como implementar esse modelo de benefícios no trabalho?

Você gostou do que dissemos aqui, mas não sabe como a empresa em que trabalha pode aderir aos benefícios no trabalho flexíveis? Basta indicar sua empresa preenchendo um formulário do site da Alymente!

Nós entraremos em contato com o seu trabalho e apresentaremos todos os benefícios que a organização pode colher, com uma equipe mais satisfeita, que trará resultados mais expressivos com uma produtividade mais alta!

A Alymente é uma plataforma de benefícios flex para que você possa realizar todos os seus sonhos em matéria de benefícios no trabalho! Quer nos conhecer melhor? Acesse a página de colaboradores do nosso site e aprenda tudo sobre o tema.

Related Post

No Comments

Deixe uma resposta